Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • veículos pesados, empresas do setor veículos pesados, empresas do segmento veículos pesados, setor veículos pesados, carroçarias, empresas do setor carroçarias, setor carroçarias, economia, macroeconomia
    De janeiro a dezembro de 2019, as vendas internas de caminhões apresentaram uma forte expansão em relação ao ano de 2018, um crescimento de 33%. No ano, a produção apresentou crescimento de 7,5%, um patamar de crescimento inferior ao observado nas vendas, pressionado negativamente pela queda das exportações.

    No ano, o destaque ficou para o desempenho das vendas de caminhões pesados. A participação da categoria na produção total de caminhões representou cerca de 55,4% do total de caminhões produzidos em 2019, ante 46,8% em 2018.

    Neste contexto, de acordo com os dados de emplacamentos, em 2019 a Mercedes-Benz aumentou sua participação nas vendas de caminhões no mercado brasileiro, além de manter a liderança. No ano, a montadora realizou aguns ajustes nas suas linhas Actros e Axor que pertencem a categoria de pesados. Assim, a participação da Mercedes cresceu 1,7 1,7 ponto porcentual (p.p), fechando o ano com uma participação de 31% do market-share de caminhões no País.

    Em segundo lugar, a Volkswagen/MAN manteve sua colocação (26,8%), seguida pela Volvo (16,8%), que apresentou uma elevação de 2,7 p.p na sua participação, tendo em vista, sua liderança nas vendas de caminhões pesados.

    Em quarto lugar, apareceu a Scania que tomou o lugar da Ford, com uma participação de 12,5% ante 6,3% da Ford.

    A Ford perdeu 5,8 p.p de participação em 2019, uma vez que, em fevereiro do último ano, a montadora decidiu interromper a produção de sua fábrica de São Bernardo do Campo e fechar as portas, deixando de participar da produção de caminhões no País, a partir de 2020.

    Analista do Setor Laís Soares