Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • saude,hospital,saúde privada,empresas do setor saúde privada,setor saúde privada,segmento saúde,saúde pública,empresas do setor saúde pública,setor saúde pública,segmento saúde pública,economia,macroeconomia
    De acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o número de beneficiários de planos de saúde cresceu 1,4% em 2018 comparado ao ano anterior, com destaque para a modalidade exclusivamente odontológica (+4,1%/2017). Já os usuários dos planos de assistência médica permaneceram estáveis (+0,1%/2017).

    Neste último caso, o resultado foi em linha com a perspectiva da Lafis – até o final do ano passado, a projeção de crescimento no número de usuários em 2018, frente a 2017, era igual a 0,1% – e mostra os efeitos da lenta recuperação da economia observada ao longo do último ano. Isto porque: i) o crescimento na modalidade “Coletivo Empresarial” avançou apenas 0,4%, influenciado pelo baixo nível de contratação de mão de obra formal¹, e que consequentemente levaria à adesão via benefício aos trabalhadores; e ii) a queda de 0,6% no número de usuários de planos “Individual ou Familiar”, evidenciando a cautela e a falta de capacidade das famílias para pagar por este serviço diante de um crescimento pouco significativo, tanto da renda como da economia em geral.

    Por fim, outro ponto que tem afetado a contratação dos planos de saúde são os reajustes consecutivos no valor das mensalidades. Em todos os meses de 2018, os reajustes ficaram acima da inflação geral², o que leva à revogação de contratos individuais e dificulta a venda de novos serviços.

    No último trimestre de 2018, houve queda de 0,1% no número de pessoas ocupadas no setor privado e com carteira assinada, em comparação com o mesmo período de 2017 (IBGE, 2019).

    No acumulado do ano, os preços relacionados aos planos de saúde cresceram 11,16%, enquanto a inflação geral cresceu 3,73%.


    Especialista do Setor Fernanda Rodrigues