Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • seguros, empresas do setor seguros, empresas do segmento seguros, setor seguros, segmento seguros, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2017
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Fernanda Rodrigues
    A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) criou, em novembro deste ano, um grupo de trabalho para debater a operação das empresas que atuam sem autorização no setor de seguros. Tais empresas não cumprem as regras e os critérios preestabelecidos pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), causando prejuízos à população por não haver uma proteção jurídica para o consumidor.

    Dentre as regras, estão as de solvência - que atestam a condição que uma companhia possui, entre ativos e passivos, para arcar com seus compromissos financeiros; as bases técnicas atuariais que visam a estabelecer probabilidades de riscos; e a fiscalização em relação às condições legais para eleição dos seus administradores.

    De acordo com a SUSEP, há pelo menos 200 processos administrativos referentes apenas à proteção veicular em apuração de indícios de irregularidades. Além disso, a autarquia está analisando outros 20 processos referentes a seguros de vida e acidentes pessoais.

    Apenas para ilustrar as consequentes perdas do setor devido às empresas irregulares, as apólices de automóveis geraram um total de R$ 16,1 bilhões em pagamento de sinistros, de janeiro a setembro deste ano, por parte das empresas autorizadas. Em 2016, as indenizações deste segmento somaram R$ 21,2 bilhões.

    Especialista do Setor: Fernanda Rodrigues.