Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • papel, papeis, empresas do setor papel, setor papel, segmento papel,  celulose, empresas do setor celulose, setor celulose, segmento celulose, economia, macroeconomia, eucalipto
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2020
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Felipe Souza
    Nosso Economista-chefe e especialista no setor de Papel e Celulose, Felipe Souza concedeu  entrevista (10/09/2020) para o jornal Rural Notícias do Canal Rural, apontando que mesmo na crise sanitária, o setor produtor de papel pode alcançar ótimos resultados!

    O segmento de papel e celulose tem se reinventado no período de pandemia. Com o aumento do trabalho remoto, o home office, as impressões e uso de papel diminuíram, fazendo com que o setor produtivo sentisse a queda na demanda.

    No primeiro semestre deste ano, as exportações de folha sulfite e de papel de imprensa, utilizado na produção de jornais, caíram 12%.

    Se de um lado os resultados não são favoráveis, existem outros segmentos da indústria que mantiveram o bom desempenho durante a crise. Aqueles que atuam com papel para embalagem e para uso sanitário estão com preços em alta e forte demanda, segundo o especialista em papel e celulose, Felipe Souza.

    “As exportações neste segmento estão elevadas. Mesmo com a retração da demanda agregada no geral, temos boas oportunidades. As empresas que conseguirem fazer essa transição com foco em embalagens e itens de uso sanitário farão bons negócios, mesmo na crise”, destaca.

    Ainda de acordo com o especialista, as indústrias de papel que oferecem esse tipo de produto ao mercado vão se destacar dentro do segmento até o começo do próximo ano.

    Para ler a entrevista na íntegra, acesse:  

    https://www.canalrural.com.br/programas/informacao/rural-noticias/industrias-de-papel-e-celulose-se-reinventam-durante-a-pandemia/

    Especialista do Setor Felipe Souza.