Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • linha marrom, empresas do setor linha marrom, setor linha marrom, economia, macroeconomia, linhas branca,  setor linhas branca, eletrodomésticos, portatéis, empresas do setor portatéis, setor portatéis
    A produção de eletrodomésticos no País, de janeiro a dezembro de 2019, apresentou um crescimento de 10,6% em relação ao que havia sido observado em igual período de 2018. Vale ressaltar que a produção industrial do setor ficou muito acima da média da produção industrial geral, que apresentou uma queda de 1,1%.

    Nessa mesma base de comparação, a produção industrial de linha branca apresentou um crescimento de 10,5%, e o segmento de portáteis apresentou um crescimento de 10,1%. Por outro lado, a produção industrial do segmento de linha marrom apresentou uma leve variação de 0,5%.

    Em dezembro de 2019, a produção industrial do segmento de linha branca apresentou uma queda de 2,2% na comparação com o mesmo período do ano anterior, enquanto os segmentos de portáteis e linha marrom apresentaram um crescimento de 25,4% e 21,7%, respectivamente. Dessa forma, a produção industrial de eletrodomésticos em dezembro terminou com um crescimento de 5,2% ante dezembro de 2018.

    A produção de linha branca, que sofreu uma forte retração durante o período da crise, vem apresentando uma maior expansão, uma vez que, com a retomada gradual da confiança do consumidor, houve uma expansão da demanda. Entretanto, a produção do segmento está muito abaixo da média histórica. 

    A produção industrial de Fabricação de Fogões, Refrigeradores e Máquinas de Lavar (linha branca) em dezembro de 2019 apresentou uma queda de 13,3% em relação ao nível de produção do segmento em dezembro de 2013, ou seja, a produção da linha branca não atingiu o patamar anterior à crise.

    Por outro lado, nessa mesma comparação, a produção de portáteis apresentou um crescimento de 11,7%. Esse desempenho, contrário à média da indústria (-14,5%) está relacionado ao fato de que o segmento abriga a produção de bens de menor valor agregado. A indústria do segmento de portáteis apresentou diversos lançamentos para atender as novas necessidades do consumidor moderno, além disso, estima-se que tenha havido uma expansão da demanda devido ao uso de aparelhos domésticos utilizados para a produção doméstica de produtos para vendas informais, tais como os: bolos de pote, docinhos, pães, etc.

    Analista do Setor Laís Soares.