Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • bancos, itau empresas, c6 bank, bancos brasileiros, bancen, banco caixa, bancos digitais, financiamento itau, safra financiamentos, banco 24hs, instituições financeiras, banco online, sisbacen, bmg, consorcio sicredi, bitcoin banco, emprestimo online, emprestimo para negativado, crédito, creditas, serasa ecred, emprestimo consignado, cooperativas de crédito, cooperativa de credito
    O Banco do Brasil - BB anunciou sua pretensão de aumentar sua participação em segmentos de negócios em que ainda não possui uma participação relevante e são altamente rentáveis. Assim, o banco pretende usar sua própria base de clientes para expandir sua carteira de crédito dentre outros produtos financeiros, como seguros, previdência complementar e financiamento imobiliário. A instituição também objetiva aumentar sua atuação no segmento de cartões de crédito através da busca por não-correntistas.

    Com isso, o banco evidencia a atual estratégia em crescer nesses segmentos em que ainda perde da concorrência na comparação com os grandes bancos privados do país. Através do aperfeiçoamento de seu sistema de relacionamento com o cliente, o banco identificou 18 milhões de clientes com propensão a se tornarem tomadores de crédito, sendo que atualmente apenas cerca de 27% desses possuem empréstimos contratados com a instituição. Conforme anúncio do banco, somente com os 13 milhões de clientes que ainda não tomam crédito, a carteira de crédito poderá ser dobrada.

    O banco também irá explorar um nicho de 10 milhões de pessoas que recebem salários por ele, após a constatação de que, mensalmente, cerca de 30 mil pessoas simulam empréstimos habitacionais em suas máquinas de atendimento. Somado a essas atuações, a fim de tornar suas operações de crédito mais competitivas, o BB anunciou que oferecerá juros menores a clientes com histórico de relacionamento com o  banco e baixa taxa de inadimplência. Com isso, o BB corre atrás de importantes negócios e pretende uma grande expansão para os próximos anos.