Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • bancos, itau empresas, c6 bank, bancos brasileiros, bancen, banco caixa, bancos digitais, financiamento itau, safra financiamentos, banco 24hs, instituições financeiras, banco online, sisbacen, bmg, consorcio sicredi, bitcoin banco, emprestimo online, emprestimo para negativado, crédito, creditas, serasa ecred, emprestimo consignado, cooperativas de crédito, cooperativa de credito

    O Banco Central anunciou, na última quinta-feira, dia 06 de janeiro, uma medida com o objetivo de evitar que as instituições financeiras comprem dólares no exterior para aplicar e/ou emprestar no Brasil. Segundo a instituição, a medida tem como principal característica um maior controle das operações câmbiais no Brasil, com vistas à limitação de apostas acerca do dólar.

    Assim, os bancos deverão, a partir de agora, recolher, sob a forma de compulsório, 60% do valor correspondente à sua posição "vendida" no mercado de câmbio que exceder o menor valor entre US$ 3 bilhões ou o seu patrimônio de referência. A saber, segundo informações concedidas pelo Banco Central, as apostas dos bancos na queda do dólar, as chamadas posições "vendidas", alcançaram um nível recorde de US$ 16,8 bilhões.
     
    O novo compulsório será recolhido em espécie e ficará depositado no Banco Central sem remuneração. As instituições terão 90 dias para se adaptarem à nova regra. Neste contexto, a decisão tomada evidencia um mecanismo importante do Banco para evitar a especulação de curto prazo no câmbio, ao mesmo tempo em que evita as operações de arbitragem com juros nos bancos. Outra característica relevante à medida é a necessidade de manutenção do nível de reservas internacionais do País, que, em 2010, já apresentaram elevação em relação a 2009, além de possuirem um custo de carregamento muito alto.