Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • instituições financeiras, bancos, crédito, empresas do setor instituições financeiras, empresas do segmento instituições financeiras, setor de instituições financeiras, economia, macroeconomia
    A partir deste mês de julho, a Lafis abrangerá em seu estudo setorial de Instituições Financeiras não apenas a estrutura e o desempenho dos bancos tradicionais, como também das fintechs. Segundo definição do Banco Central do Brasil, as fintechs (financial-technology-intensive) são startups que fazem uso intensivo de tecnologia e ofertam produtos por meio de plataformas eletrônicas. Além disso, permitem a inovação financeira via tecnologia ao desenvolverem novos modelos de negócios, aplicativos, processos ou produtos 100% digitais.

    Neste sentido, em sua última edição, o Radar Fintechlab apontou um crescimento de 33% no volume de fintechs e iniciativas de eficiência financeira em atuação no Brasil, passando de 453 empresas em agosto de 2018 para 604 em junho de 2019, uma aceleração em relação ao avanço observado no período anterior (23%), entre junho de 2017 e agosto de 2018. Ainda segundo esta pesquisa, os bancos digitais especificamente apresentaram um crescimento de 50% entre 2018 e 2019, passando de 8 para 12 empresas deste segmento. Porém, a modalidade com maior participação no ecossistema nacional de fintechs é o setor de pagamentos, com 151 empresas em junho de 2019, um crescimento de 43% em relação à agosto de 2018, alcançando uma participação 29% no total de fintechs atuantes no Brasil. Já as empresas digitais relacionadas à concessão de crédito e investimento representam, respectivamente, 18% e 8,4% do total de empresas deste mercado.

    Para os próximos anos, a expectativa é que o número de bancos digitais siga crescendo, bem como a oferta de serviços online pelos bancos tradicionais, principalmente após a pandemia do Covid-19. Isto porque, diante das medidas de isolamento social, as transações bancárias realizadas por pessoa física via canais digitais cresceram 22% entre janeiro e abril deste ano, enquanto via agências e pontos de autoatendimento, as transações recuaram 53% e 19%, respectivamente, segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Tal comportamento tende a acelerar os investimentos do setor em tecnologia, que em 2019 apresentou um crescimento de 48,3% em relação ao ano anterior, alcançando R$ 8,6 bilhões, o maior patamar dos últimos cinco anos (Febraban, 2020).

    Para saber mais sobre o setor de Instituições Financeiras e outras atualizações setoriais entre em contato conosco através do email: atendimento@lafis.com.br.

    Especialista do Setor Fernanda Rodrigues