Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • ebusiness, empresas do setor ebusiness, empresas do segmento ebusiness, setor ebusiness, segmento ebusiness, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2019
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Fernanda Rodrigues
    De acordo com a consultoria Ebit/Nielsen, as vendas no comércio eletrônico nacional cresceram 24% durante a Black Friday 2018, considerando os dias entre 22 e 26 de novembro, em comparação com o mesmo evento do ano anterior. Neste período, foram realizados 6,9 milhões de pedidos, totalizando R$ 3,9 bilhões em transações, e o tíquete médio foi de R$ 568, o que representa um aumento de 9% em relação ao gasto médio de 2017. 

    Estes resultados superaram as expectativas da própria consultoria, que esperava um crescimento nas vendas igual a 15%, e apontavam para uma conjuntura positiva também para as vendas de Natal em 2018. E as expectativas se confirmaram: e-commerce nacional faturou R$ 9,9 bilhões durante a data, o que representa um crescimento de 13,5% em relação ao desempenho de 2017. Além disso, o número de pedidos expandiu 5,2% e o tíquete médio cresceu 8%, alcançando R$ 493 (Ebit/Nielsen, 2018).

    Diante deste desempenho, o comércio eletrônico nacional tem se mostrado promissor no curto, médio e longo prazo, colocando-se, junto com o segmento de publicidade digital, entre os dez setores com melhor desempenho no ranking de projeções da Lafis. Isso mostra a eficácia das lojas virtuais na análise de dados e na adoção de estratégias como a fidelização do cliente, cada vez mais conectado ao mundo digital, a oferta de uma maior variedade de produtos e a preços competitivos em relação ao comércio físico, além da presença multicanal – uma tendência do comércio varejista nacional a fim de conquistar novos consumidores.

    Especialista do Setor Fernanda Rodrigues.