Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • ebusiness, empresas do setor ebusiness, empresas do segmento ebusiness, setor ebusiness, segmento ebusiness, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2018
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Fernanda Rodrigues
    A consultoria especializada em comércio eletrônico, Social Miner, divulgou uma pesquisa com o desempenho das vendas do e-commerce nacional durante as principais datas comemorativas neste primeiro semestre de 2018. A primeira delas foi o Dia do consumidor, comemorado em 15 de março. Segundo a pesquisa, os lojistas que apostaram em campanhas de engajamento meses antes do evento apresentaram melhores vendas – ou seja, aproximadamente 60% dos visitantes que finalizaram suas compras no dia 15/03 já haviam visitado o site anteriormente. Foi observado também um aumento médio de 24% na taxa de conversão em todos os setores do e-commerce, com destaque para Ensino (+122%) e Serviços (+72%). Apesar destes resultados, o estudo aponta a necessidade de maiores investimentos em campanhas de engajamento, uma vez que 80,87% das visitas abandonaram os carrinhos, e apenas 10,5% realizaram suas compras sem abandonar o carrinho nenhuma vez.

    Outra data foi o Dia das mães, no dia 13 de maio. Neste ano, as vendas totais cresceram 9,8%, com destaque para as categorias de Eletrodomésticos (+74,81%), Eletrônicos (+63,86%) e Pet (52,03%). Outro ponto de destaque foi a queda significativa da categoria Moda (-25,91%), que sempre teve grande participação nas vendas no mesmo período dos anos anteriores. Além disso, 60,5% das compras foram feitas via dispositivos móveis, como smartphones e tablets, e 68,6% foram provenientes de consumidores da região Sudeste.

    Por fim, a pesquisa da Social Miner mostrou que a última data comemorativa do primeiro semestre de 2018, o Dia dos Namorados, também apresentou crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. Dentre as categorias mais vendidas estão artigos de Beleza e Saúde, Moda e Informática. Quando se compara, porém, a evolução entre os anos de 2017 e 2018, observa-se um crescimento expressivo da participação da categoria Livrarias (+736%), enquanto que setores como Moda e Beleza e Saúde apresentaram queda em sua participação (-28% e -5%, respectivamente).

    Especialista do Setor  Fernanda Rodrigues.