Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • construção, empresas do setor construção, empresas do segmento construção, setor construção, segmento construção, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2019
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Marcel Carneiro
    Nos últimos anos, ao analisarmos o mercado imobiliário de maneira geral, o que se observou foi uma maior cautela das incorporadoras em realizar novos lançamentos e prioridade em reduzir a oferta de unidades habitacionais, com o foco em vender unidades já construídas. 

    Um fator que tem facilitado o acesso ao crédito imobiliário e a compra de imóveis é a realização de eventos que reúnem instituições financeiras e construtoras em datas especiais, como é o caso dos feirões. Além disso, esses eventos ainda costumam oferecer vantagens, a exemplo de pisos e armários gratuitos nos apartamentos, pagamento do condomínio por um período determinado etc.

    Considerando a publicação “Indicadores Imobiliários Nacionais” realizada pela CBIC e SENAI, a estratégia de redução da oferta no mercado mencionada anteriormente tem se mostrado eficiente, ao menos na tendência apresentada. Em 2017 e 2018, foram vendidas, respectivamente, 5.221 unidades e 21.580 unidades a mais que o total de lançamentos no período, resultando em uma redução do estoque no mercado, que passou de 161.903 unidades em dezembro de 2016 para 124.028 unidades em dezembro de 2018. 

    Assim, a Lafis destaca que, pelo lado da oferta, o mercado imobiliário tem perspectivas favoráveis para novos lançamentos, com o ritmo de crescimento esperado para os próximos trimestres oscilando de acordo com a dinâmica dos indicadores econômicos, com destaque para o nível de confiança dos consumidores, emprego e renda, variáveis essenciais para o bom funcionamento do segmento imobiliário.

    Especialista do Setor Marcel Tau