Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • cimento, empresas do setor cimento, empresas do segmento cimento, setor cimento, segmento cimento, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2020
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Marcel Carneiro
    As vendas de cimento apresentaram estabilidade entre janeiro e maio de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior (-0,3%). Na comparação de maio de 2020 com o mesmo mês de 2019, as vendas avançaram 3,0%, apesar da crise do novo coronavírus.

    Segundo o Snic (Sindicato Nacional da Indústria do Cimento) o volume de vendas por dia útil foi de 212 mil toneladas, um aumento de 9,7% em relação a maio de 2019 e de 13,7% em comparação a abril. No acumulado do ano (jan-maio), dentro deste critério, o desempenho foi um pouco mais tímido, com 0,9% de ampliação sobre o mesmo intervalo do ano passado.

    Dentre as justificativas para o desempenho do setor apesar do cenário de crise observado, a própria associação destacou o período bastante seco nos meses de abril e maio, a manutenção das obras em andamento, a sustentação de certo nível de poder de compra proporcionado pelo auxílio emergencial e uso de poupança por parte da população de poupança para pequenas reformas.

    Embora a conjuntura tenha mostrado grande resistência diante da grave crise sanitária e econômica que o país vive, a Lafis ainda mantém uma perspectiva de retração do consumo de cimento em 2020 em relação ao ano anterior, pois apesar das justificativas apresentadas para explicar os dados dos últimos meses, uma variável importante para o desempenho do setor é o nível de renda e manutenção do emprego da população, além do nível de confiança dos  consumidores, considerando que parte da demanda de cimento está associada ao nível de obras imobiliárias, diretamente influenciado por tais variáveis.

    Especialista do Setor Marcel Tau