Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • cerveja, empresas do setor cerveja, empresas do segmento cerveja, setor cerveja, segmento cerveja, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2019
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Lais Cristina
    Os indicadores econômicos já divulgados sobre o primeiro semestre de 2019 não deixam dúvidas que a economia brasileira ainda patina diante da crise econômica que se instalou no país desde meados de 2014, o consumo das famílias segue pressionado pela elevado desemprego, aumento da subutilização da mão de obra, e a crescente cautela enquanto a tão esperada retomada da economia demora a chegar.

    O Indicador Movimento do Comércio, da Boa Vista, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, no acumulado em 12 meses, indicou que a variação acumulada em 12 meses até julho na atividade de "Supermercados, Alimentos e Bebidas" na série sem ajuste, foi de 1,2%.

    Contudo, mesmo neste cenário, a fabricação de bebidas alcoólicas, que inclui a produção de cervejas no País, de acordo com a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE, no primeiro semestre de 2019 apresentou um crescimento de 8,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Enquanto isso, a produção de bebidas não alcoólicas, que inclui os refrigerantes e água, apresentou uma variação de 3%.

    De acordo com os resultados do 2° trimestre de 2019 da Ambev, a empresa registrou no Brasil um aumento de 2,9% no volume de vendas de cerveja e uma alta de 5,6% entre os refrigerantes, acima da média do mercado. O relatório destacou que as vendas de cerveja da empresa tiveram um crescimento expressivo nas regiões Norte e Nordeste do Brasil no período, levando a companhia a ganhar participação de mercado nessas regiões.

    Assim, a respeito do setor bebidas no Brasil em 2019, a Lafis estima que as grandes multinacionais do setor vêm ganhando participação no mercado de bebidas em relação as pequenas e médias fabricantes regionais, uma vez que, têm investido fortemente em inovações, atualizando constantemente seu portfólio de produtos para satisfazer o cliente.

    Especialista do Setor  Laís Soares