Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • carnes, empresas do setor carnes, aves, empresas do setor aves, suinos, empresas do setor suinos,  economia, macroeconomia
    A variante Influenza A diagnosticada nos últimos dias no México, denominada por gripe suína, gerou um clima de incerteza no setor agropecuário mundial. Resumidamente, a transmitição se dá por via respiratória, não é contaminada pela ingestão de carne e no seu material genético existem traços de vírus humano, de aves e suínos.
    A preocupação em relação ao contágio deixou a OMS (Organização Mundial da Saúde) em estado de alerta, elevando os níveis de pandemia sem fronteiras. Já foram traçados cenários adversos para as empresas do setor de carnes e derivados que operam no segmento de carnes suínas.
    Os primeiros reflexos causaram fortes preocupações e derrubaram as ações dos frigoríficos e das empresas aéreas e das cotações da soja e do milho. Além disso, espera-se uma queda no comércio internacional de carnes devido aos embargos de vários países.
    Para o Brasil a situação se torna mais confortável, à medida que não surgem evidências ou confirmações do vírus no país. Com isso as empresas do setor tendem a oferecerem produtos para mercados que importavam dos países onde confirmações ocorreram.
    Porém o histórico brasileiro reflete alguma isegurança no comércio de carnes no mercado internacional, principalmente quando relacionamos os casos de febre-aftosa dos anos anteriores. Portanto, com a devida precaução e investimentos estatais e privados, temos condições de abastecer os principais mercados com nossas carnes. .