Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • café, preço do café, preço do cafe, cafe melitta, máquinas de café, cápsulas de café, o café, 3 coraçoes, cafe 3 coracoes, cafe arabe, café pilão, preço do cafe hoje, café arábica, café em grãos, grão de café, preco cafe, cafe batido, industria de alimentos, empresas do setor café, empresas do segmento café, setor café, segmento café, economia, macroeconomia, cafeeiro, setor cafeeiro, segmento cafeeiro
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2021
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Marcos Henrique
    As exportações de café somaram 3,111 milhões de sacas de 60Kg no mês de setembro, o que significa uma queda de 26,5% em volume, influenciado por problemas logísticos. Segundo a Cecafé, entidade representativa do setor, “seguimos com intensa disputa por contêineres e espaço nos navios e ainda nos deparando com sucessivos cancelamentos de bookings, rolagens de cargas e frete extremamente custoso”. A despeito de tal desempenho, deve-se destacar que no mesmo mês houve incremento de 0,5% em termos de receita cambial, como reflexo do atual patamar do dólar frente ao real.

    No acumulado entre janeiro e setembro de 2021, as exportações totais somaram 29,759 milhões de sacas, uma queda de 4,1% em comparação ao mesmo período do ano passado, mas com receita de US$ 4,172 bilhões, um incremento de 6% na mesma comparação. Os entraves logísticos decorrente da desestrutura nas cadeias globais de valor promovida pela pandemia de Covid-19, têm afetado os embarques de produtos, mas também a reposição de insumos e peças em diversos setores e, na agricultura, o comportamento também se repete.

    Os principais destinos do café brasileiro seguem sendo os EUA que, sozinho, comprou 19,1% das sacas exportadas nos nove primeiros meses do ano – volume equivalente ao observado no mesmo período de 2020. Em seguida, a Alemanha foi responsável por 16,8%, seguida por Bélgica e Japão. O relatório da Cecafé destaca ainda que, o complexo marítimo de Santos (SP) permaneceu como principal exportador dos cafés brasileiros, com envio de 22,832 milhões de sacas, o equivalente a 76,7% do total.

    Analista Responsável Marcos Henrique