Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • motos, bicicleta, segmento bicicletas, economia, macroeconomia, motocicletas, moto, bicicletas, segmento motos,  empresas do segmento motocicletas
    O recrudescimento da pandemia no Brasil no primeiro trimestre, com aumento do número de mortos e contaminados além de ocupação quase completa da capacidade hospitalar, fizeram com que muitas montadoras de motocicletas – destaque para Honda e Yamaha – paralisassem suas linhas de produção. Como desgraça pouca é bobagem, o setor sofre com a falta de insumos produtivos vindos da China, como chips e microchips.

    A despeito do cenário ruim no primeiro trimestre com queda na produção de 20,3% e de 16,7% nas vendas, na comparação com o mesmo período de 2020, o setor já ensaia recuperação. É importante ressaltar que esta recuperação se deverá, muito em função de uma base deprimida de comparação dado que os meses de abril e maio de 2021 foram os mais severos com relação às restrições sociais.

    Dentro desta perspectiva, a Lafis acredita em uma recuperação acelerada nos próximos três trimestres em função da maior vacinação da população o que pode levar ao retorno de uma certa normalidade. Podemos acrescentar que muitos desempregados estão buscando oportunidades como entregadores, setor que demanda motocicletas e bicicletas, o que poderá também beneficiar o setor.

    Para 2021, acreditamos que a produção poderá chegar a aproximadamente 1,05 milhões de motos produzidas, ainda abaixo do patamar observado em 2019, ano pré-pandemia, mas ainda 9,6% superior ao observado em 2020. O mesmo poderá ocorrer com as vendas, estimadas para crescer 6,4% no ano, também abaixo do patamar anterior à pandemia.

    Especialista do Setor: Marcelo Balloti Monteiro