Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • bancos, empresas do setor bancos, empresas do segmento bancos, setor bancos, segmento bancos, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2019
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Fernanda Rodrigues
    No início deste ano, a PagSeguro, credenciadora de cartões, anunciou a aquisição do Banco Brasileiro de Negócios (BBN) e passou a oferecer crédito a seus clientes, geralmente microempreendedores e profissionais autônomos. Ou seja, além da atuação no mercado das “maquininhas”, antecipando o fluxo de recebíveis de cartões de créditos, a PagSeguro oferecerá também uma conta corrente a seus clientes, além de cheque especial, financiamentos e até mesmo seguros, segundo estratégias futuras da empresa.

    A iniciativa é vista com atenção pelos principais bancos tradicionais do Sistema Financeiro Nacional, já que a PagSeguro conseguiu, com muito sucesso, entrar no mercado de meios de pagamento eletrônicos e abalar a liderança de empresas já estabelecidas, como a Cielo e a Rede.

    Além de enfrentar tal estratégia, os bancos tradicionais vêm lidando também com a crescente atuação de bancos digitais, como o Nubank. A empresa lançou, ao final de 2018, as funções de débito e saque, nos caixas eletrônicos da rede Banco24Horas, para seus usuários. Tendo em vista a menor estrutura física destes bancos digitais e da ausência de tarifas, que reduz os custos das operações financeiras e dos pacotes de serviços, os grandes bancos tradicionais precisam encontrar soluções que aumentem sua competitividade frente a estes novos concorrentes.

    Dentre estas soluções está o uso estratégico de informações para melhorar a experiência do consumidor por meio da criação de jornadas mais tranquilas, além de estabelecer preços baseados em relacionamentos, recompensar clientes a partir de sua fidelidade e criar produtos e serviços de acordo com o ciclo de vida do usuário. Tais iniciativas foram listadas pelos bancos entrevistados na pesquisa World Retail Banking Report 2018 elaborado pela Capgemini em parceria com a Efma.

    Especialista do Setor Fernanda Rodrigues.