Novo no site?


Login


Esqueceu a Senha? (X)

Recuperar Senha


(X)

Digite sua nova senha


(X)

Já tem uma conta?


Inscreva-se


(X)
Farooq


BLOG LAFIS

Home Blog
  • autopeças, empresas do setor autopeças, empresas do segmento autopeças, setor autopeças, segmento autopeças, economia, macroeconomia
    • Autor
      Lafis
    • Ano
      2022
    • Categoria
    • Analista Responsável
      Marcelo Balloti
    O faturamento líquido do setor de autopeças cresceu 21% no primeiro trimestre de 2022 na comparação com o mesmo período de 2021. O resultado aparentemente positivo esconde um dado: a expansão foi em termos nominais.

    O que significa?

    Significa que não se desconta do valor do faturamento, o valor da inflação do período. 

    Vamos analisar os dados inflacionários do setor. O IPCA acumulado para o primeiro trimestre de 2021 foi de 2,1% e para 2022 foi de 3,2%; no acumulado de 12 meses (partindo de março) em 2021, a inflação foi de 6,1% e no acumulado de 12 meses (partindo de março) de 2022, a inflação foi de 11,3%.

    A pressão inflacionária no setor de autopeças deve se manter, principalmente, pelas dificuldades no abastecimento de commodities e outros insumos, o que acaba pressionando os preços para cima. Esse problema de abastecimento não se vislumbra resolução definitiva no curto prazo.

    Respondendo à pergunta formulada no título: o otimismo deverá ser mantido sim, pois o crescimento nominal é muito superior ao crescimento da inflação no período, o que permite vislumbrar crescimento real no faturamento do setor.

    Especialista do Setor Marcelo Balloti Monteiro